imagoverbalis

quando a realidade nos bate na cara

with one comment

possivelmente um mero incidente. algo passageiro. possivelmente nada que se repete. aconteceu e não voltará a acontecer. talvez. os pensamentos sugiram num turbilhão dentro da sua cabeça. com o coração nas mãos ouviu as palavras do filho que mal entrará na adolescência: “mãe, preciso de falar contigo. fui agredido por alguns rapazes, maiores do que eu, na escola, bateram me sem razão, deram-me cotoveladas na cara, empurraram-me e os meus colegas não fizeram nada.” alto  para a idade dele, musculado e de certeza capaz de bater nalguém se fosse preciso, o miúdo era dócil, pacífico e inteligente e escapou aos rufias afastando-se deles, sem levantar a mão. o bullying está instalado na escola eb 2,3 dr. joaquim magalhães em faro. o caso já foi denunciado. esperemos que a escola tome acção. esperemos que quem agrediu fique com represálias. e que não volte a acontecer. a mais ninguém. para a tranquilidade de todos.

post referido n’a defesa de faro. agradeçemos.

Anúncios

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. […] sobre o assunto em janeiro. houve muitas reacções no post referido n’a defesa de faro. tendo passado o auge do […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: