imagoverbalis

imprensa independente?

with one comment

maos_atadas

hoje é notícia no público a falta de iniciativa dos jornais portugueses quanto ao material noticiário de política, uma tendência que já se verifica de, forma acentuada, a imprensa nacional e de referência.

tendo em conta os resultados do estudo “fontes sofisticadas de informação” de autoria de vasco ribeiro, coordenador do serviço de comunicação da reitoria da universidade do porto (up), tanto como 58,8% das notícias políticas, nos quatro diários generalistas, tinha a sua origem de 1990 a 2005 em “elementos do governo e dos partidos políticos com assento na assembleia da república”, tendo sido somente “um terço do material jornalístico (político) produzido por iniciativa da redacções”.

a nível regional já é conhecido que muitos dos jornais têm (infelizmente) uma relação muito ambígua e a roçar a convivência/ dependência com as instituições políticas e outras, esforçando-se os jornalistas desses órgãos de comunicação social para se manterem livres em termos de eventuais influências, acabando no entanto por noticiar a maior parte dos materiais enviada pelos gabinetes de comunicação, muitas das vezes por falta de tempo e uma enorme pressão em termos de carga de trabalho para a equipa reduzidíssima, sobrevivendo de forma complexa dos anúncios pagos por interesses de fora.

ficando (ainda mais) consciente deste cenário não desejável, surrealista mas inteiramente real, pergunta-se sobre o que aconteceu com a isenção dos jornalistas, com aquela missão de investigar? o trabalho do jornalista tem como fim de questionar, não engolir tudo que lhe é apresentado, mantendo a sua liberdade e independência.

uma inteira classe profissional não se pode dar o luxo de se contentar com este retrocesso de forma alguma, mas deve lutar pelo seus direitos profissionais de expressão e de liberdade, o seu código deontológico e o seu direito de informar.

Anúncios

Written by imagoverbalis

Setembro 17, 2009 às 12:26 pm

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. […] leave a comment » do imago verbalis: […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: